Gramado Feelings

Gramado Feelings

O Inverno acabou, e já deixou saudades. Este ano fiz uma viagem de inverno que com certeza será repetida no ano que vem.

Fui visitar o Festival de Cinema de Gramado. Nesses dias a cidade fica cheia, com hotéis esgotados e se deixar pra planejar a viagem em cima da hora, o orçamento pode sair além da conta. Já se planejar toda a viagem com bastante antecedência como eu, você pode pode conseguir passagens e hotel bem em conta, e ainda guardar um dinheirinho pra comer baaaastante e tomar muito vinho, você vai precisar fazer uma reserva pra isso.

O Festival de Cinema de Gramado existe desde 1.973, e inicialmente acontecia no verão, depois no outono e hoje em dia acontece no inverno, em Agosto ou Setembro. Durante o Festival, que dura dois finais de semana, são exibidos todos os filmes que fazem parte da competição e ficam abertos ao público, inclusive a premiação do festival, mediante ingresso, no Palácio dos Festivais. A Rua Coberta fica enfeitada com um belo tapete vermelho por onde passam os artistas, e cercada por restaurantes, bares e gente bonita.

Acontecem também diversas festas eletrônicas realizadas pelas melhores casas noturnas de Porto Alegre e Balneário Camboriú, incluindo Green Valley e Warung Beach Club. Mas pra quem não quer muita badalação, existem também alguns pubs nativos.

Gramado foi povoado pelos alemães e italianos, a cidade foi nitidamente construída em estilo europeu, basicamente alemão, mas a comida é sem dúvida italianíssima. Nessa época do ano faz muito frio, podendo chegar aos graus negativos. Por isso, tudo nela fica charmoso, é tudo tão romântico, a beleza da cidade e o clima atrai muitos turistas, 90% da receita do município vem daí, de 6 milhões de turistas todo ano.

Lá você encontra indústrias de móveis, chocolates, malhas, calçados e bolsas, couros e peles, artesanatos, artes, decoração, mel, queijo, e claro, vinho. As melhores vinícolas do Brasil estão na Serra Gaúcha, como Casa Valduga, Miolo, Aurora, Chandon, Salton, entre muitas outras. A cidade também proporciona diversos pontos e passeios turísticos, para todas as idades.

A viagem durou 5 dias e foi muito pouco pra conhecer tudo que queria e visitar as cidades próximas. Mas deu pra dar um pulo em Bento Gonçalves para conhecer a vinícola Salton, e digo que valeu muito a pena.

Conhecemos alguns restaurantes, como o Ritta Hopper, restaurante típico alemão, que também é hotel e serve café colonial nas tardes; o Chateau de La Fondue, que serve uma sequência de fondue divina; o Galeto Mamma Mia que serve uma sequência de pratos italianos de te deixar rolando e os restaurantes da Rua Coberta.

Visitamos também um pub com som ao vivo, muito bonito e aconchegante, chamado Boteco do Bill, como disse pra quem quer uma noite mais tranquila no meio do Festival, esse pub é uma ótima opção. Mas também entramos nos badalos, fomos nas festas Carpe Vita, sunset e Green Valley. Durante o Festival, a cidade fica ao som do eletrônico por toda parte, nos bares, restaurantes, hotéis, então pra quem não gosta, não tem como fugir muito.

Ficamos no Hotel Laghetto Pedras Altas, um hotel novinho e paguei um preço excelente pela qualidade dele.

Por fim, Gramado é um sonho de cidade, e com o acontecimento do Festival, mais ainda, com muita gente famosa, gente bonita, comidas e bebidas deliciosas, clima agradável, festas imensas e só diversão!!

Vamos nos programar para o próximo?? Euuu vouuuuuuu…

 

Bem Simples Assim

Samanta Fontana

 

A cidade

http://www.gramado.com.br

O Festival

http://www.festivaldegramado.net

O Hotel

http://www.laghettohoteis.com.br/pedrasaltas/

Restaurantes

http://www.rittahoppner.com.br

http://www.chateaudelafondue.com.br

http://www.galetomammamia.com.br

Pub

http://www.botecodobill.com.br

Vinícolas

http://bit.ly/2ea2MBd

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*